quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Biografia de Florence Nightingale


Florence Nightingale
Florence Nightingale. Enfermeira inglesa. Nasceu em Florença, Itália, a 12 de Maio de 1820 e, faleceu em Londres, Inglaterra, a 13 de Agosto de 1910, aos 90 anos de idade. Entre as pioneiras da Enfermagem destaca-se em primeiro lugar Nightingale, fundadora das escolas hospitalares de enfermagem: foi criadora da primeira escola mundial de enfermagem, destinada a formar enfermeiras capazes de atender enfermos em qualquer lugar onde se encontrassem. Miss Nightingale possuía tudo o que a existência pode conceber de agradável: juventude, beleza, riqueza. Com devotamento sublime, foi a melhor auxiliar dos médicos. Em todos os hospitais de sangue era vista ao lado dos cirurgiões de dia e de noite, com uma lâmpada à mão, a percorrer corredores, animando e fiscalizando as enfermeiras, indo até junto aos leitos dos que sofriam; era por isso conhecida como a “Dama da Lâmpada”. Quando recebeu cinqüenta mil libras de uma subscrição pública, pelos serviços prestados salvando a vida de milhares de ingleses, ela aceitou-as com a condição de empregá-las na fundação de uma Escola de enfermeiras, para multiplicar o número de moças no amor a uma das mais elevadas missões da mulher culta e inteligente – a Enfermagem. Florence Nightingale, a Dama da Lâmpada ou Anjo de Criméia, está perpetuada num monumento levantado em 1915 em Londres, na Praça Waterloo, o primeiro que se erigiu a uma mulher que não foi rainha, mas possuía de sua Pátria a Ordem do Mérito, e como participara de campanhas sanguinolentas fora considerada uma heroína e criatura imortal. Apesar de a Nação desejar enterrá-la na célebre Abadia de Westminster, Nightingale escolhera previamente o seu túmulo modesto e expressivo: todo branco, simbólico dos uniformes das enfermeiras, e com estas modestas expressões: F. N. 1820-1908. O Dia do Enfermeiro é comemorado a 12 de Maio (data de seu nascimento) em sua homenagem.



Florence Nightingale foi uma enfermeira britânica que ficou famosa por ser
Estátua de Nightingale, London Road, Derby. (Imagem: Russ Hamer).
pioneira no tratamento a feridos de guerra, durante a Guerra da Criméia. Ficou conhecida na história pelo apelido de "A dama da lâmpada", pelo fato de servir-se deste instrumento para auxiliar na iluminação ao auxiliar os feridos durante a noite. Sua contribuição na Enfermagem, sendo pioneira na utilização do Modelo biomédico, baseando-se na medicina praticada pelos médicos. Florence, uma Anglicana, acreditava que Deus a havia chamado para ser enfermeira. Também contribuiu no campo da Estatística, sendo pioneira na utilização de métodos de representação visual de informações, como por exemplo gráfico setorial (habitualmente conhecido como gráfico do tipo "pizza") criado inicialmente por William Playfair. Nightingale lançou as bases da enfermagem profissional com a criação, em 1860, de sua escola de enfermagem no Hospital St Thomas, em Londres, a primeira escola secular de enfermagem do mundo, agora parte do King's College de Londres. O Juramento Nightingale feito pelas novas enfermeiras foi nomeado em sua honra, e o Dia Internacional da Enfermagem é comemorado no mundo inteiro no seu aniversário.





História





A enfermaria do hospital em Scutari, onde Nightingale trabalhou.
Mesmo sendo rica e bem-relacionada, vivia em Florença, no Grão-ducado da Toscana. Por isso, Florence recebeu o nome em inglês da cidade em que nasceu, como sua irmã mais velha Parthenope nascida em Partênope (Nápoles). Moça brilhante e impetuosa, rebelou-se contra o papel convencional para as mulheres de seu estatuto, que seria tornar-se esposa submissa, e decidiu dedicar-se à caridade, encontrando seu caminho na enfermagem. Tradicionalmente, o papel de enfermeira era exercido por mulheres ajudantes em hospitais ou acompanhando exércitos, muitas cozinheiras e prostitutas acabavam tornando-se enfermeiras, sendo que estas últimas eram obrigadas como castigo. Florence Nightingale ficou particularmente preocupada com as condições de tratamento médico dos mais pobres e indigentes. Ela anunciou sua decisão para a família em 1845,
Túmulo de Nightingale. 
(Imagem: Charlesdrakew).
provocando raiva e rompimento, principalmente com sua mãe. Em Dezembro de 1846, em resposta à morte de um mendigo numa enfermaria em Londres, que acabou evoluindo para escândalo público, ela se tornou a principal defensora de melhorias no tratamento médico. Imediatamente, ela obteve o apoio de Charles Villiers, presidente do
Poor Law Board (Comitê de Lei para os Pobres). Isto a levou a ter papel ativo na reforma das Leis dos Pobres, estendendo o papel do Estado para muito além do fornecimento de tratamento médico. Em 1846, Florence visitou Kaiserwerth, um hospital pioneiro fundado e dirigido por uma ordem de freiras católicas na Alemanha, ficando impressionada pela qualidade do tratamento médico e pelo comprometimento e prática das religiosas. A contribuição mais famosa de Florence foi durante a Guerra da Criméia, que se tornou seu principal foco quando relatos de guerra começaram a chegar à Inglaterra contando sobre as condições horríveis para os feridos. Em Outubro de
Túmulo com vista para St. Margaret Church. (Imagem:Dmartin@ukonline.co.uk).
1854, Florence e uma equipe de 38 enfermeiras voluntárias treinadas por ela, inclusive sua tia
Mai Smith, partem para os Campos de Scutari localizados na Turquia Otomana. Florence Nightingale voltou para a Inglaterra como heroína em Agosto de 1857 e, de acordo com a BBC, era provavelmente a pessoa mais famosa da Era Vitoriana além da própria Rainha Vitória. Depois de contrair febre tifóide, ficou com sérias restrições físicas, o que a obrigou a retornar em 1856 da Crimeia. Impossibilitada de fazer seus trabalhos físicos, dedica-se a formação da escola de enfermagem em 1859 na Inglaterra, onde já era reconhecida no seu valor profissional e técnico, recebendo prêmio concedido através do governo inglês. Fundou a Escola de Enfermagem no Hospital Saint Thomas, com curso de um ano, era ministrado por médicos com aulas teóricas e práticas. Em 1883, a Rainha Vitória concedeu-lhe a Cruz Vermelha Real e em 1907 ela se tornou a primeira mulher a receber a Ordem do Mérito. Florence Nightingale faleceu em 13 de Agosto de 1910, deixando legado de persistência, capacidade, compaixão e dedicação ao próximo, estabeleceu as diretrizes e caminho para a enfermagem moderna. Encontra-se sepultada em St Margaret of Antioch Churchyard, East Wellow, Hampshire na Inglaterra.

A Senhora com a lâmpada


Ilustração de 1855.
Durante a guerra da Criméia, Florence Nightingale ganhou o apelido de "A Dama da Lâmpada" a partir de uma frase em uma reportagem do The Times:
Ela é um 'anjo ministrador ", sem qualquer exagero nesses hospitais, e enquanto sua forma esbelta desliza silenciosamente ao longo de cada corredor, o rosto de todo pobre homem amolece com gratidão ao vê-la. Quando todos os oficiais médicos se retiram durante a noite, e, o silêncio e a escuridão se estabelecem sobre as milhas de doentes prostrados, ela pode ser observada sozinha, com uma pequena lâmpada em sua mão, fazendo suas rondas solitárias. A Frase foi mais popularizada por Henry Wadsworth Longfellow em 1857 no seu poema “Santa Filomena”: Lo! In that house of misery...A lady with a lamp I see... Pass through the glimmering gloom, And flit from room to room.



Falecimento de Nightingale

Última foto de Nightingale tirada em 1910, algumas semanas antes de sua morte.
Em 13 de Agosto de 1910, com a idade de 90, ela morreu tranqüilamente em seu sono no seu quarto em 10 South Street, Mayfair, Londres. A oferta de sepultamento na Abadia de Westminster foi recusada pelos seus parentes e ela está sepultada no cemitério de St. Margaret Church em East Wellow, Hampshire. Ela deixou grande quantidade de trabalho, incluindo centenas de notas que foram inéditas.






Citações de Florence Nightingale
  • "Acho que os sentimentos se perdem nas palavras. Todos deveriam ser transformados em ações, em ações que tragam resultados."
- I think one's feelings waste themselves in words, they ought all to be distilled into actions and into actions which bring results.
- "The Prisohouse of Home" in: "Struggle: the stirring story of woman's advance in England‎" - Página 20, de Ray Strachey, Florence Nightingale - Publicado por Duffield and company, 1930 - 425 páginas
  • "É necessária uma certa dose de estupidez para se fazer um bom soldado".
- A certain amount of stupidity is necessary to make a good soldier.
- carta a Sydney Herbert; conforme citado em "Dictionary of quotations‎" - Página 644, de Bergen Evans - Publicado por Delacorte Press,1968 - 2029 páginas
  • "A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, como a obra de qualquer pintor ou escultor; Pois oque é o tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus. É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes."
- Nursing is an art: and if it is to be made an art, it requires an exclusive devotion as hard a preparation, as any painter's or sculptor's work; for what is the having to do with dead canvas or dead marble, compared with having to do with the living body, the temple of God's spirit? It is one of the Fine Arts: I had almost said, the finest of Fine Arts
- Una and the Lion‎ - Página 6, de Florence Nightingale - Publicado por Riverside Press, 1871 - 22 páginas


Referências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.